Lula diz que empresários deveriam rezar pela sua volta

O ex-presidente se mostrou disposto em comandar a recuperação econômica do Brasil

sab, 17/04/2021 - 11:26
Paulo Uchôa/LeiaJáImagens/Arquivo Elegível após movimentação do STF, ele ainda indicou que a classe deveria fazer promessas pela sua vitória nas urnas Paulo Uchôa/LeiaJáImagens/Arquivo

Em entrevista à emissora Al Jazeera, do Catar, neste sábado (17), o ex-presidente Lula afirmou que os empresários brasileiros deveriam estar rezando pela sua volta ao comando do Planalto. Ele comentou sobre seu potencial de articulação para melhorar a economia no país.

"Os empresários brasileiros, os donos de fundos, os banqueiros deveriam estar todo dia fazendo uma reza e pagando promessa para que eu voltasse a governar o Brasil. Para que a gente pudesse garantir o fim da fome, fim da miséria, pleno emprego e o Brasil virar protagonista internacional", declarou o petista, que ainda não confirmou sua candidatura para 2022.

Lula voltou a destacar que não é o momento adequado para debater sobre a corrida presidencial, mas está disposto a representar a união de partidos 'progressistas'.

 "É humanamente impossível você imaginar que um político que aparece na disputa eleitoral com ampla chance de ganhar vai dizer que não é candidato. Quando chegar no momento de escolher, se eu tiver em condições e os partidos progressistas no país entenderem que meu nome pode ser o melhor, obviamente que estarei disposto a ser candidato", complementou.

COMENTÁRIOS dos leitores