Salles não foi indicação do Novo, diz partido do ministro

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, vem sendo alvo de críticas em âmbito nacional e o Novo, partido ao qual é filiado, afirmou que ele não representa a sigla

qui, 22/08/2019 - 18:44
Marcelo Camargo/Agência Brasil Salles concorreu ao cargo de deputado federal pelo Novo nas eleições de 2018 Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Partido Novo publicou uma nota oficial nesta quinta-feira (22) afirmando que a indicação de Ricardo Salles para o cargo de ministro do Meio Ambiente não foi uma indicação da sigla.

Salles é filiado ao Novo e concorreu ao cargo de deputado federal pelo estado de São Paulo pelo partido nas eleições de 2018. “Esclarecemos, mais uma vez, que o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, não foi uma indicação do Novo e, portanto, não representa a instituição. O ministro foi escolhido e responde ao presidente Jair Bolsonaro”, pontuou o partido.

O Novo, que teve João Amoêdo como candidato à Presidência da República, endossou que Ricardo Salles não mantém contato com o partido quanto aos seus planos e metas dentro do Ministério.

O posicionamento do partido surge logo após as polêmicas das queimadas na Amazônia e as críticas que o ministro vem recebendo. Também nesta quinta, a Rede Sustentabilidade, partido de Marina Silva, protocolou um pedido de impeachment do ministro no Supremo Tribunal Federal (STF) por crime de responsabilidade.

COMENTÁRIOS dos leitores