"Querem esculachar minha esposa?", indaga Bolsonaro

De acordo com o presidente, a divulgação do passado da mãe e da avó de Michelle Bolsonaro deixou a primeira-dama 'arrasada'

sab, 17/08/2019 - 11:47
Chico Peixoto/LeiaJáImagens/Arquivo Chico Peixoto/LeiaJáImagens/Arquivo

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) se demonstrou irritado com a repercussão da notícia que revela o passado da mãe e da avó da primeira-dama, Michelle. De acordo com Bolsonaro, a sua esposa ficou “arrasada”. De acordo com reportagem da revista Veja dessa semana, a avó de Michelle, Maria Aparecida Ferreira, foi presa por tráfico de drogas. 

“Querem esculachar minha esposa, dizer que ela não tem legitimidade para fazer o trabalho social que faz? Ela está abatida, arrasada. Pra que isso, porra? Pra que isso, porra?”, indagou o presidente, com a voz alterada, ao conversar com a imprensa nessa sexta-feira (16).  

Antes disso, ele confirmou, mas sem dar detalhes, as informações sobre a avó e a mãe de Michelle, Maria das Graças Ferreira, que chegou a ser acionada judicialmente por falsificação de documentos. 

“Questão familiar eu não deveria falar. Mas vou falar em consideração a vocês”, disse. “A avó dela, há uns 20 e poucos anos, foi condenada por tráfico de drogas, por três anos, cumpriu. Agora, é justo levantar isso? É uma senhora que já tem seus problemas, pela idade, na faixa dos 80 anos, e agora está todo mundo sabendo, na vizinhança, que foi condenada no passado e cumpriu três anos de cadeia. Como você acha que está a cabeça dela no momento? Qual o ganho jornalístico disso?”, questionou. 

Jair Bolsonaro ainda falou sobre a mãe e o um tio da primeira-dama que estaria foragido. “Ela tem não sei quantos, talvez 100 parentes na Ceilândia, lugar pobre, e se procurar vai achar mais coisa de parente. Mas para que isso, qual o ganho disso? Quem estava na Granja do Torto falei há três, quatro dias e estava procurando a avó da Michelle, por outro motivo, o motivo era esse. Tráfico de drogas, tá certo. E acharam ela no hospital. Daí, disseram e era verdade, estava há dois dias no hospital, em uma maca”, declarou.

COMENTÁRIOS dos leitores