Juntas se mobilizam em ato pela educação no Recife

As co-deputadas do PSOL marcaram presença na Rua da Aurora e endossaram a manifestação dos estudantes contra o Governo Federal

ter, 13/08/2019 - 16:59
Pedro Bezerra Souza/LeiaJáImagens Pedro Bezerra Souza/LeiaJáImagens

A Rua da Aurora, na área central do Recife, volta a ser tomada na tarde desta terça-feira (13) por estudantes contrários às medidas tomadas pelo Ministério da Educação e pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Dezenas de grupos estudantis, entidades sindicais, além de políticos se reúnem em frente ao Ginásio Pernambucano na concentração da mobilização, que vai sair em caminhada pelas ruas do centro do Recife.

As do-deputadas do mandato coletivo Juntas (PSOL) estiveram presentes na mobilização. De acordo com Carol Vergolino, o ato vai muito além da educação. “Esse governo tem um projeto de extermínio é esse extermínio tem gênero e tem cor. As mulheres negras são os principais alvos de quem está no poder. Elas são as que mais sofrem com todos esses retrocessos do governo”, pontua Carol.

A também co-deputada Katia Cunha avalia como ‘absurdo’ o que Bolsonaro vem fazendo a frente do Planalto. “São desmontes para todo lado e ele quer retirar dinheiro em uma das principais áreas para o desenvolvimento do país, que é a educação. Aproximadamente R$ 1 milhão foi desviado da educação para comprar votos pela reforma da Previdência. Nós vamos enfrentar”, garante Katia.

A mobilização desta terça é uma continuação dos atos que já aconteceram, no mesmo formato, nos dias 15 e 30 de maio. Outros grupos, além dos estudantes, endossam o movimento como metroviários, sem terras e LGBTs.

 

COMENTÁRIOS dos leitores