Olavo: "Vão descobrir tarde demais que eu disse a verdade"

O escritor Olavo de Carvalho teceu uma série de comentários sobre a política brasileira nesta terça-feira (7)

ter, 07/05/2019 - 16:30
Mauro Ventura Olavo de Carvalho também fez críticas à Rede Globo de Comunicação Mauro Ventura

O escritor admirado por idealistas da direita, Olavo de Carvalho, utilizou seu perfil oficial no Facebook nesta terça-feira (7) para tecer uma série de comentários sobre a situação política em que o Brasil passa.

“A quantidade de tipinhos ridículos, miseráveis e desprezíveis que tem aparecido no Brasil supera a imaginação de todos os vermes e lacraias do universo”, disparou Olavo, que ainda fez críticas à Rede Globo de Comunicação.

Olavo agradeceu ao telejornal da emissora por lhe promover audiência. “Obrigadíssimo ao Jornal Nacional, por atrair mais leitores para a minha obra. Quando a Rede Globo já não existir, meus livros ainda serão lidos”, disse.

Ainda em seus comentários, o escritor garantiu que, mais pra frente, todos vão reconhecer a relevância do que foi dito por ele. “Nesta discussão, como em todas as anteriores, até os que mais me xingam vão acabar descobrindo, tarde demais, que eu disse a verdade”, garantiu.

As menções feitas por Olavo foram alvo de muitas réplicas, tanto positivas, quanto negativas. Mas ele não se acanhou e afirmou que “como cidadão privado, tenho o direito de dar opiniões sobre o que eu bem entenda”.

Por fim, o escritor aproveitou para alfinetar seus oposicionistas ideológicos. “Não posso conversar com oficiais semi-analfabetos (sic) que não sabem sequer distinguir entre a ação individual de um escritor e a de um chefe de grupo ativista que só existe na imaginação deles”, ironizou.

 

COMENTÁRIOS dos leitores