Silvio: "Funcionários da Restauração estão desassistidos"

O deputado estadual, no plenário da Alepe, pediu mais atenção do Governo do Estado para todos que trabalham no hospital

por Taciana Carvalho seg, 18/12/2017 - 17:36
Alepe Alepe

O deputado estadual Silvio Costa Filho (PRB), no plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), nesta segunda-feira (18), disse que se solidarizava com os funcionários do Hospital da Restauração, considerada a maior unidade da rede de saúde pública de Pernambuco. Segundo o parlamentar da oposição, os servidores não estão tendo a atenção que merecem por parte do Governo do Estado. 

Costa Filho falou que a Restauração tem um papel social fundamental na saúde pública do estado. “A gente sabe os serviços que prestam os funcionários daquele hospital. Infelizmente, o que estamos assistindo são os servidores, são os funcionários e todos aqueles que ajudam no funcionamento do hospital não terem a atenção do Governo do Estado”, criticou afirmando também que os deputados da oposição estão à disposição para tratar sobre o assunto. 

Durante seu pronunciamento, fez uma comparação com os gastos na Arena Pernambuco e na saúde pública. “O Governo do Estado gastou R$ 122 milhões nos três anos do governo Paulo Câmara com a Arena Pernambuco para 78 jogos de futebol e para um lazer no final de semana por parte da população, enquanto a gente está vendo os funcionários da Restauração serem desassistidos, enquanto a gente está vendo o Hospital de Garanhuns paralisado por falta de pagamento, enquanto a gente está venço muitas UPAs sem pagar os funcionários, além da falta de remédios nos postos de saúde”. 

“Essa é a realidade que a gente está vivendo em Pernambuco. Eu quero, mais uma vez, me solidarizar com o trabalho que vocês [servidores da Restauração] fazem e fazer um apelo ao governador Paulo Câmara para que ele possa refletir sobre a situação da Restauração e da saúde pública de Pernambuco, que passa por um processo de muita dificuldade com a falta de pagamento para muitos fornecedores”, ressaltou o perrebista. 









COMENTÁRIOS dos leitores