Senadora diz que o PT é a sigla "mais querida" do povo

Gleisi Hoffmann (PT) também disse que o partido é o maior de esquerda da América Latina e que se orgulha da sua história

por Taciana Carvalho sab, 08/04/2017 - 17:47
Waldemir Barreto/ Agência Senado/Fotos Públicas A senadora Gleisi Hoffmann Waldemir Barreto/ Agência Senado/Fotos Públicas

A senadora Gleisi Hoffmann (PT), neste sábado (8), ao convidar os petistas para participarem do Processo de Eleições Diretas (PED) da sigla, que acontece neste domingo (9), disse que o PT é a sigla mais querida do povo brasileiro. “Somos o maior partido de esquerda da América Latina. Tenho muito orgulho do PT. Somos um partido socialista e de massa. Viva o nosso partido”, declarou. 

Hoffmann ressaltou que as eleições de amanhã são importantes para a renovação e para preparar a volta da sigla e do ex-presidente Lula, em 2018. “Um momento histórico para o PT e muito importante para o nosso partido e se tem alguém que pode nos dirigir neste processo de transformação do país, de melhoria das condições do povo brasileiro, é Luiz Inácio Lula da Silva. Por isso, a importância de todos participarem. Nós temos que fazer o presente e o futuro deste partido”. 

Ela também falou que este domingo será oportuno para mostrar que os petistas estão aguerridos, firmes, e que irão responder à altura ao momento político do Brasil “com combatividade e muita sabedoria”, apesar da desconstrução histórica que sofreram “com as agressões que o partido está enfrentando”. 

E ainda voltou a criticar o governo Temer. “Vivemos tempos anormais. A nossa democracia foi golpeada. Tombou na forma de uma mulher, a presidente Dilma. A partir daquele momento em que se rasgou a Constituição Federal, nós criamos um clima de instabilidade no nosso país. Assistimos a uma guerra irresponsável das instituições brasileiras, que disputam o poder do Estado. Um governo fraco, do golpe, que não tem projeto. Aliás, o seu projeto é contra o povo brasileiro e a favor do interesse do grande capital e dos interesses internacionais”. 

Gleisi Hoffmann chegou a dizer que o PT sabe o que é necessário fazer para tirar o Brasil da crise econômica e resgatar o crescimento. “Aprendemos com os nossos erros, mas, sobretudo com os nossos acertos, que foram muito maiores e trouxeram grande desenvolvimento para o Brasil”, finalizou.

COMENTÁRIOS dos leitores