Oposições da Alepe e Câmara se juntam contra o PSB

Na primeira reunião das duas bancadas ficou decidido que a partir de agora as cobranças contra a Prefeitura do Recife e o Estado terão pautas em comum

por Élida Maria seg, 11/05/2015 - 20:13
Paulo Uchôa/LeiaJáImagens A reunião entre os parlamentares ocorreu na Câmara do Recife Paulo Uchôa/LeiaJáImagens

As bancadas da oposição da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) e da Câmara do Recife se reuniram pela primeira vez nesta segunda-feira (11) para traçarem estratégias contra as gestões do PSB a nível municipal e estadual. A partir de agora, os colegiados decidiram atuar juntos nas cobranças e nas pautas colocadas em ambos os Poderes Legislativos. O encontro dos parlamentares ocorreu na Casa José Mariano.

“A primeira reunião que nós fizemos com o poder Legislativo Estadual e Municipal a ideia é que nós possamos avançar numa pauta conjunta, tendo em vista, que nós estamos fazendo oposição a um mesmo projeto do PSB e não tem esse negócio de que um é Paulo e outro é Geraldo, porque todos representam este mesmo projeto que já mostra sinais de esgotamento”, pontuou o líder da oposição na Alepe, deputado Sílvio Costa Filho (PTB).

A ideia das bancadas é trabalhar num mesmo foco pontuando as fragilidades dos dois governos. “Pernambuco hoje tem um conjunto de problemas nas áreas da educação, da saúde, segurança pública, da mobilidade urbana e transporte coletivo. Um conjunto de obras paralisadas e inacabadas e nós queremos fazer uma atuação conjunta entre o parlamento estadual e o municipal”, descreveu.

Segundo Sílvio Costa, as ações vão desde fiscalizações a realização de audiências. “Realizando visitas a obras paralisadas, realizando audiências públicas, promovendo o debate de forma conjunta, ou seja, a gente poder compartilhar ideias do futuro de Pernambuco e da cidade do Recife e os problemas do cotidiano da sociedade”, esclareceu. 

Questionado porque a unificação das duas bancadas de oposição só começou a ser tratada agora, no quinto mês da gestão, o parlamentar explicou estruturando o colegiado. “Os deputados tomaram posse em 1º de fevereiro. Primeiro a gente quis estabelecer uma agenda na própria Assembleia Legislativa, a gente está procurando o fortalecimento da bancada da Assembleia, dialogando, fazendo planejamentos, estruturando a bancada e a partir daí a gente resolve fazer uma série de agendas: o ‘PE de Verdade’, estreitar essa relação com a própria Câmara do Recife. Então, isso faz parte de uma estratégia de comunicação da bancada de oposição”, detalhou.

O líder da bancada de oposição da Alepe revelou que na próxima segunda-feira (18) os dois colegiados voltarão a se reunir para pontuar os rumos que irão tomar e marcar as primeiras agendas de atuações. 

COMENTÁRIOS dos leitores