Possível ataque de drones dos EUA matam líder da Al-Qaeda

Americanos não confirmam a ação, mas o presidente Trump replicou vários artigos que citam o ocorrido

sab, 01/02/2020 - 15:10

Líderes tribais no Iêmen disseram neste sábado que um possível ataque de drones dos Estados Unidos destruiu uma construção no leste do país ocupada por militantes do grupo terrorista Al-Qaeda na última semana. Os EUA não confirmam o ataque, mas, no Twitter, o presidente Donald Trump replicou vários artigos que citam o ataque que pode ter matado Qassim Al-Rimi, um dos principais líderes do grupo na região.

Os líderes tribais contam que pelo menos três explosões aconteceram no último dia 25 de janeiro, na cidade de Wadi Ubaidah, um conhecido enclave da Al-Qaeda no país do Oriente Médio que está em guerra civil há mais de três anos. Em condição de anonimato, os líderes tribais disseram não saber quantas pessoas foram vitimadas no ataque porque militantes do grupo terrorista isolaram a área logo após o ataque.

Al-Rimi havia chegado ao topo da Al-Qaeda no Iêmen em 2015, após um ataque de drones dos Estados Unidos matar o líder anterior da facção, Nasser Al-Wahishi. O braço iemenita da Al-Qaeda é considerada um dos mais ativos do grupo terrorista e já tentou realizar ataques terroristas em solo americano no passado.

COMENTÁRIOS dos leitores