Chanceler do Irã soube pela ONU sobre veto de ida aos EUA

Mohamad Javad Zarif iria para uma reunião na sede da ONU em Nova York

ter, 07/01/2020 - 13:15
Drew Angerer O ministro iraniano das Relações Exteriores, Mohammad Javad Zarif Drew Angerer

O chefe da diplomacia do Irã, Mohamad Javad Zarif, explicou nesta terça-feira que soube pelo secretário-geral da ONU que os Estados Unidos recusaram seu visto para ir à sede da ONU em Nova York.

"O que sabemos é que o secretário de Estado dos EUA [Mike Pompeo], durante uma ligação para o secretário das Nações Unidas [Antonio Guterres], disse 'não temos tempo para processar um visto para Mohamad Javad Zarif e não lhe daremos visto'", declarou o próprio Zarif.

"O secretário-geral respondeu dizendo que o Irã tem o direito de participar desta sessão", um debate aberto a todos os membros das Nações Unidas, e organizado para quinta-feira no Conselho de Segurança sobre o respeito à Carta da ONU, disse ele, citado pela agência de imprensa iraniana Isna.

Essa decisão é "um sinal do fracasso do governo dos EUA e do regime de Trump", acrescentou.

"Do que eles realmente têm medo? A verdade?", escreveu no Twitter.

A tensão entre o Irã e os Estados Unidos está no auge desde a morte do general iraniano Qassem Soleimani, morto na sexta-feira passada em um ataque de um drone americano no Iraque.

Os Estados Unidos, onde está localizada a sede da ONU, têm, em princípio, a obrigação de conceder vistos aos Estados que solicitarem para que seus representantes participem das reuniões.

COMENTÁRIOS dos leitores