Através do Facebook, homem assediava menina em Caruaru

Suspeito criou um perfil falso com o nome 'Maria Juliana' e a foto da personagem Minnie

sex, 30/08/2019 - 10:40

A Polícia Federal (PF) indiciou um vendedor de 25 anos, na quinta-feira (29), por assediar criança de 9 anos em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Usando uma foto da Minnie e o nome Maria Juliana no Facebook, o acusado solicitava que a menor exibisse as partes íntimas, além de enviar para ela uma foto de seu órgão genital.

O indiciamento do suspeito ocorreu dentro da Operação Help VIII. A operação foi deflagrada após o pai da criança ter acionado a Polícia Federal. Ele contou ter resolvido criar um perfil para filha por insistência da mesma.

No mesmo dia em que a criança adicionou 'Maria Juliana' tiveram início os assédios através de conversas libidinosas. O homem perguntava, por exemplo, se a menina era safada e como era a calcinha que ela usava. Todos os diálogos foram acompanhados pelos pais.

A PF cumpriu três mandados de busca e apreensão, dois em Caruaru e um em Candeias, Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Esses foram os locais em que o suspeito usou internet para entrar em contato com a menor de idade. O celular do suspeito foi apreendido e passará por perícia técnica.

Segundo a PF, o suspeito é natural de Boa Vista, Roraima, e não possui antecedentes criminais. Ele foi intimado a comparecer na delegacia de Caruaru, onde ocorreu o indiciado. O suspeito vai responder ao procesos em liberdade. No interrogatório, o homem confirmou ter usado o perfil Maria Juliana e enviado a foto do órgão genital, mas afirmou não saber que se tratava de uma menor de idade. 

COMENTÁRIOS dos leitores