Greve no aeroporto de Barcelona afeta 1.000 voos

A companhia aérea espanhola Vueling, do grupo britânico IAG, já anunciou nesta sexta-feira (26) (o cancelamento de 112 conexões com origem ou destino a Barcelona devido à greve do pessoal da Iberia, empresa do mesmo grupo

sex, 26/07/2019 - 11:20
Lluís Gené (Arquivo) Trabalhadores da Ibéria se dirigem a seus colegas de alguns balcões da empresa durante uma greve anterior, em 6 de março de 2013 no aeroporto de Barcelona-El Prat Lluís Gené

Uma greve neste fim de semana dos funcionários em terra do aeroporto de Barcelona, o segundo maior da Espanha, pode afetar cerca de 1.000 voos.

A companhia aérea espanhola Vueling, do grupo britânico IAG, já anunciou nesta sexta-feira (26) (o cancelamento de 112 conexões com origem ou destino a Barcelona devido à greve do pessoal da Iberia, empresa do mesmo grupo.

Mas a afetação pode ir além das companhias aéreas da IAG, uma vez que os 2.700 funcionários convocados à greve em 27 e 28 de julho também "atendem a 27 companhias no aeroporto de Barcelona", disse o ministério do Desenvolvimento.

"O número de voos afetados pode ser da ordem de 1.000 durante o período período de greve", acrescentou.

Para mitigar a incidência do protesto em um fim de semana que marca o começo ou o fim das férias para muitos turistas, o ministério estabeleceu serviços mínimos de 54% em voos internacionais e 32% em voos nacionais.

Os funcionários da Iberia anunciaram no dia 11 de julho a convocação desta greve para denunciar a "falta de pessoal" e o "abuso de horas extras" sofrido pela força de trabalho, especialmente durante a alta temporada de julho e agosto.

COMENTÁRIOS dos leitores