Guedes defende desinvestimentos da Petrobras

Ministro da Economia ainda criticou o STF, que barrou a venda da Transportadora Associada de Gás (TAG) da Petrobras

qua, 05/06/2019 - 08:10

O ministro da Economia, Paulo Guedes, aproveitou um evento com estudantes de Direito para, ao lado do ministro Gilmar Mendes, criticar decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que barrou a venda da Transportadora Associada de Gás (TAG) da Petrobras. "Estamos tentando quebrar o monopólio duplo e o que acontece quando a gente está começando a fazer o movimento? Liminar!", disse. O negócio, que envolve o pagamento de US$ 8,6 bilhões à estatal, foi barrado na semana passada por uma medida cautelar expedida pelo tribunal.

Antes, Guedes defendeu o programa de desinvestimento da Petrobras, disse que a estatal começou a venda de ativos para focar o negócio de petróleo e citou a Braskem. "Ao mesmo tempo que ela tá vendendo isso (TAG) está ajudando a aumentar a competição no mercado de gás", disse.

O plenário do STF deve decidir nesta quarta-feira sobre a liminar que suspendeu da venda da TAG.

"Nunca vou questionar a sabedoria dos juízes, mas eu tenho o direito de espernear dos economistas", afirmou Guedes. Desde a semana passada, Guedes visitou os ministros da corte para pedir que a decisão fosse revista. "Bom voto pro nosso ministro (Gilmar Mendes que estava ao seu lado) amanhã. É minha choradinha. Já fui lá. Aqui tenho de fazer com uma certa elegância, lá no escritório dele, ajoelhei no milho e rezei", disse o ministro Guedes aos estudantes ao se despedir do evento.

COMENTÁRIOS dos leitores