Ex-presidente do Peru é preso alcoolizado

Alejandro Toledo foi detido no Condado de San Mateo, na Califórnia

ter, 19/03/2019 - 07:04
ERNESTO BENAVIDES/AFP ERNESTO BENAVIDES/AFP

O ex-presidente peruano Alejandro Toledo, considerado um fugitivo no Peru, foi preso no domingo (17) por estar bêbado em público no Condado de San Mateo, na Califórnia, e liberado nessa segunda-feira (18), segundo autoridades do Estado. Toledo, de 73 anos, estaria embriagado em um restaurante e teria sido conduzido à delegacia. As leis contra embriaguez são rígidas em algumas cidades da Califórnia.

Os Estados Unidos ainda estão avaliando o pedido do Peru para extraditar Toledo. A Justiça peruana acusa Toledo, que foi presidente do país de 2001 a 2006, de aceitar US$ 20 milhões da Odebrecht em troca de ajuda para que a empresa conseguisse contratos lucrativos. Toledo nega irregularidades.

O chefe de polícia de San Mateo informou "estar ciente dos problemas legais de Toledo" no Peru, mas acrescentou que "a existência de acusações somente no Peru não autorizam a prisão do sujeito nos EUA".

O Ministério das Relações Exteriores do Peru confirmou ontem ter recebido a informação sobre a prisão de Toledo, mas não quis fazer comentários. Em entrevista por telefone à Reuters, Toledo negou a prisão, descrevendo a informação como parte de uma "conspiração" orquestrada por seus adversários políticos peruanos. (Com agências)

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

COMENTÁRIOS dos leitores