Homem negro é acusado de roubar sua própria jaqueta

Usando a peça que havia comprado em dezembro de 2017, ao voltar na mesma loja, rapaz foi acusado de ter roubado a roupa

por Jameson Ramos qua, 07/02/2018 - 11:16
Reprodução A vítima acusou a loja de racismo Reprodução

Ao voltar na loja americana Old Navy para comprar roupas, James Conley, que é negro e estava usando uma jaqueta adquirida no mesmo local anteriormente, foi acusado pelos funcionários do estabelecimento de querer roubar "a própria jaqueta". Em publicação no Facebook, o jovem diz que havia comprado a peça no natal de 2017.

"Perguntaram se eu não queria comprar o casaco que eu estava usando. Primeiro comecei a rir, porque não acreditava no que estava acontecendo", lamenta James. Ainda no relato, ele fala que foi estereotipado porque era um homem negro. Segundo ele, o gerente disse que "sempre que alguém usa roupas velhas da loja, eles têm que digitalizar a peça dos clientes para garantir que ela foi comprada anteriormente". No entanto, o rapaz fala que nunca houve esses procedimentos com os outros clientes não negros. 

"Fiz a gerente verificar a fita de vigilância para provar que ela e seus colegas estavam errados. Uma vez que ela confirmou que eu estava dizendo a verdade, nem ela e nem o gerente pediram desculpas", segue lamentando James.

 

Na rede social, o homem compartilhou também os vídeos do momento do racismo. Até as 10h22 da manhã desta quarta-feira (7), a publicação contava com mais de 156 mil compartilhamentos e 117 mil reações no Facebook. O rapaz pretende entrar com uma ação contra a loja.

COMENTÁRIOS dos leitores