Para Júnior Rocha, 'jogar no interior é sempre difícil'

O Santa Cruz enfrenta o Afogados nesta quarta-feira (14), no Estádio Vianão

por Thayná Aguiar qua, 14/02/2018 - 09:21
Chico Peixoto/LeiaJáImagens/Arquivo Júnior Rocha já definiu a equipe que vai enfrentar o Afogados Chico Peixoto/LeiaJáImagens/Arquivo

Pela sexta rodada do Campeonato Pernambucano, o Santa Cruz enfrenta o Afogados nesta quarta-feira (14), às 20h (horário do Recife), no Estádio Vianão, em Afogados da Ingazeira. Na 10ª posição na tabela do Estadual, a equipe tricolor precisa, mais do que nunca, de um bom resultado nesta partida. O treinador Júnior Rocha espera contar com o apoio do torcedor do interior para sair com um saldo positivo. 

"Primeiramente queria dizer que é um prazer enorme jogar nesta cidade (Afogados da Ingazeira). Temos torcedores no interior e tenho certeza que eles vão nos apoiar. A ajuda da nossa torcida, jogando junto com o time, será fundamental", disse o treinador, de acordo com o site oficial do Santa Cruz.

A equipe coral já está definida para a partida e entrará em campo com Ricardo Ernesto, João Ananias, Augusto Silva, Genílson e Henrique Ávila; Jorginho, Luiz Otávio e Arthur Rezende; Augusto, Robinho e Vinícius. Da equipe considerada titular, o Santa Cruz terá os desfalques do lateral direito Vítor, o goleiro Tiago Machowski e o meia Jeremias.

O treinador Júnior Rocha pareceu conhecer bastante o adversário e se mostrou preocupado com as condições do campo. "O Afogados tem uma equipe bem organizada. Tiveram alguns empates em casa e retornaram para a tática antiga. Contam com uma bola parada boa e isso decide jogo. Demos uma ênfase maior na nossa parte defensiva. Jogar no interior sempre é difícil, não sabemos as condições do gramado, mas soube que dava para colocar a bola no chão", finalizou.

COMENTÁRIOS dos leitores