Fábio Assunção abre o jogo sobre o vício em drogas

"Já superei essa questão, isso não faz mais parte da minha vida", afirmou o ator

seg, 19/08/2019 - 12:20
Reprodução/Instagram Fabio Assunção Ator falou sobre problemas com drogas Reprodução/Instagram Fabio Assunção

Fábio Assunção viu seu nome repercutiur algumas vezes este ano. O ator tem um caso de dependência química química conhecido e por isso o nome dele virou memes e até mesmo uma música que faz menção ao assunto. Ele contou em entrevista ao jornal O Globo como se sentiu em relação a esse assunto e também deu detalhes sobre como lidou com o vício no passado. Hoje em dia, o astro afirma não ter de lidar mais com esse problema, porém irá levar a temática para o seu trabalho.

O ator acabou de gravar a série Onde Está meu Coração, que estará disponível no Globoplay. Na trama, ele interpreta um homem que é pai de uma médica viciada em crack, mas que esconde de todos a condição dela. Fábio conta que não teve problemas em fazer parte de um trabalho que aborda um assunto com o qual já sofreu no passado, pois possui anos de experiência atuando e por isso se sente confortável até mesmo nos trabalho mais difíceis. Além disso, o global também comenta que acredita na importância de se debater o tema.

Por mais que o ator reforce a necessidade de falar sobre a questão das drogas, ele conta que não escolheu ser um porta-voz do assunto, mas acabou acontecendo. Fábio lembra de quando o vício dele se tornou um assunto público, primeiro, em 2008, quando ele gravava a novela Negócio da China e a situação se complicou, pois perdeu peso e não conseguiu mais acompanhar a rotina de trabalho, chegando atrasado e até mesmo tendo faltado algumas vezes nas gravações. E depois no episódio em que foi flagrado saindo de uma reunião dos Alcoólatras Anônimos, o que virou manchete.

- Desde o primeiro passo que dei, já foi divulgado. E aí começa uma bola de neve, você entra num ciclo de estigma. Foi muito difícil não poder ter feito isso em silêncio. E começou a me dar a sensação de eu ter uma tarefa de falar sobre isso. Não foi uma escolha. Não decidi ser uma voz sobre este assunto, contou o ator.

Fábio sente necessidade de falar sobre os vícios para as pessoas, pois enxerga o silêncio como algo que torna mais difícil para as pessoas se libertarem das drogas. Ele revelou que foi viciado em cocaína e bebidas alcoólicas , mas disse viver uma vida normal hoje em dia e até mesmo bebe de vez em quando, mas sempre em quantidades pequenas, caso contrário isso passa a lhe fazer mal.

- Já superei essa questão, isso não faz mais parte da minha vida.

Por mais que já tenha superado o vício há quatro ou cinco anos, como comenta na entrevista, Assunção ainda é alvo de piadas sobre o assunto. Ele disse que não se importou tanto com os memes, mas na época em que a música da Banda La Fúria foi lançada, ele se incomodou. Mesmo assim, o ator preferiu conversar com a banda e chegar no acordo de que o o dinheiro ganho com a canção seria doado para instituições que tratassem de dependentes químicos. Fábio disse ter tomado essa decisão para poder educar de alguma forma os músicos, que não sabiam da gravidade do problema quando fizeram a canção, e assim poder gerar uma mudança de comportamento, ao invés de só brigar judicialmente com eles e não mudar o pensamento de ninguém no final das contas.

O filho do ator, João, já saiu em defesa do pai nas redes sociais, quando um vídeo íntimo do astro foi publicado na internet. O global conta que aquela situação abriu uma porta para o diálogo com o menino e hoje em dia eles falam abertamente sobre diferentes assuntos. Além disso, Fábio tem uma filha mais nova de oito anos de idade, mas acredita que seja muito cedo para falar sobre temas mais pesados com ela, apesar de dizer que fará isso quando a hora chegar.

COMENTÁRIOS dos leitores