Silvano Brito

Silvano Brito

Fitness e Nutrição

Perfil: Nutricionista, Educador Físico, ex atleta de Fisiculturismo e Atletismo.Pós Graduado em Nutrição Esportiva, musculação e atividade física em Academias de Ginástica.

Os Blogs Parceiros e Colunistas do Portal LeiaJa.com são formados por autores convidados pelo domínio notável das mais diversas áreas de conhecimento. Todos as publicações são de inteira responsabilidade de seus autores, da mesma forma que os comentários feitos pelos internautas.

Albumina - Uma proteina Clássica

Silvano Britodom, 23/10/2011 - 15:33

Quem malhou pesado na década de 80, com certeza conheceu a albumina em pó. Sua matéria prima vem do ovo, especificamente da clara. Ela é uma proteína sem a incorporação de nenhuma gordura. Muito usada por atletas há um bom tempo, por ser uma proteína padrão ouro, com bom custo benefício.

Com a chegada da Albumina em pó no nosso mercado, muitos atletas se viram aliviados, quando outrora tinham que consumir grandes quantidades de clara de ovo cozido. A Albumina passou a ser uma fonte prática de melhorar a ingestão de proteína daqueles atletas, muitos atletas trocaram o consumo de claras de ovos cozidos, pela albumina em pó.

Como tudo na vida tem seu lado obscuro, a Albumina também tem seus defeitos, por ser uma proteína rica em aminoácidos sulforosos, causa grandes problemas com flatos “Gases”, principalmente quando consumida com alimentos que fermentem como o leite.

Eu como fisiculturista que fui nós anos 80, tomei muita albumina para chegar a ser campeão norte-nordeste, com o peso de até 75 kg. A Albumina mesmo com estes prós e contra sempre vai ser uma proteína de destaque para atletas e pessoas que precisem melhorar a ingestão de proteína magra e sem gordura.


A importância do Licopeno para o câncer

Silvano Britosex, 21/10/2011 - 16:23

O Licopeno é encontrado em vários alimentos de cor vermelha, como tomate e seus produtos derivados, por exemplo: Molho de tomate, extrato de tomate, ketchup. É encontrado também na laranja, melancia e goiaba. Vários estudos recentes mostraram que uma dieta rica em tomates e seus derivados esta intrinsecamente ligada à redução de certos tipos de Câncer e pode, na verdade, ajudar a prevenir câncer de próstata.

Estudos atuais apontam que homens que ingerem quantidades significativas de produtos que contem molho ou extrato de tomate, tais como pizza, espaguete, apresentam reduzida incidência  de câncer  de próstata.

AGORA PRESTEM BEM ATENÇÃO.

Os alimentos enriquecidos ou que contenham valores significativos de LICOPENO podem auxiliar na prevenção de diversas doenças inclusive o  câncer.

 


A importância de fracionar refeições

Silvano Britoter, 18/10/2011 - 09:33

È muito comum encontrar no meu consultório pessoas que acham que ficar em jejum vai ajudar a emagrecer. Isto é um grande erro, pois isto fará com que nosso metabolismo fique atrapalhado e desregule nossos hormônios, o que acarreta dificuldade em perder peso.

O fato de permanecermos mais de 4 hora sem se alimentar, pode nos deixar um pouco mais letárgico. O nosso organismo percebe a diminuição dos macros e micronutrientes na corrente sanguínea e tenta desacelerar o metabolismo basal para poupar mais energia.

Pelo ritmo biológico (circadiano) assim que acordamos pela manhã temos a liberação de alguns hormônios como cortisol e testosterona, quando um esta elevado à outra permanece baixo. O cortisol pode se disser que é o hormônio do stress (catabólico) e a testosterona é o hormônio (anabólico), aquele que faz crescer. Porém ao acordarmos, se você prolongar o jejum vai fazer com que o cortisol se eleve e vá buscar os nutrientes no tecido muscular o que seria muito ruim para o nosso metabolismo.

Comer a cada 3 horas é importante para diminuir o impacto da fome, pois o fracionamento das refeições evita que cheguemos com mais fome na refeição seguinte.

Quando nos alimentamos com freqüência nosso organismo não sente a necessidade de fazer reserva de energia. O ideal é fazer pelo menos 6 refeições equilibrada.Este equilíbrio e fundamental para evitar o consumo excessivo.


Cuidando da alimentação ao dormir

Silvano Britosex, 14/10/2011 - 14:23

O objetivo desta última refeição é não ingerir carboidratos nas 3 horas que antecedem o sono, pois durante as primeiras horas do sono, nós secretamos hormônios responsáveis pela regulagem do nosso metabolismo, queima calórica, estocagem de gordura, estrutura da pele e tecidos (o famoso HGH, este é chamado hormônio da beleza), pois ele aumenta o metabolismo, fazendo com que tenhamos uma maior queima calórica e disponibilidade da gordura para queima durante a atividade física, só que para ele ser secretado temos que ter uma baixa circulante de glicose, por isso evitaremos o consumo de carboidratos durante esta refeição.

Coma alguma coisa que tenha gordura boa  e proteína de digestão lenta como a  caseína do leite.A caseína se coagula no intestino, assegurando uma liberação continua de aminoácidos para o músculo, evitando o catabolismo enquanto esta dormindo.Uma ingestão de gordura boa diminuem ainda mais a velocidade da digestão.

Evite carboidratos na última refeição, eles atrapalham a síntese do hormônio do crescimento (HGH) e aumenta o acumulo de gordura.


Chocolate para entrar em forma

Silvano Britoter, 11/10/2011 - 14:31

O chocolate é produzido a partir da massa do cacau, sacarose, manteiga de cacau, leite, substancias flavorizantes e outros componentes como: amêndoas, uva passa, castanha de caju e outros alimentos, para melhorar a palatabilidade na composição do chocolate.

Um grupo de cientistas da universidade da Califórnia investigou se o chocolate pode melhorar o rendimento nos exercícios físicos. Foi testado em ratos a potencialidade dos fitonutrientes epicatequina,catequina e flavonóides encontrado no cacau.Divididos em grupos os ratos comeram duas vezes ao dia as doses das substâncias. Um grupo ficou com a caminhada em uma esteira por um curto período do dia, após 30 dias de testes os ratos fizeram a esteira, correndo até a fadiga. Um dos grupos que estava bebendo apenas água, se cansou mais rapidamente, do que o grupo que recebeu os fitonutrientes. Os melhores resultados foram encontrados no grupo que juntou os fitonutrientes e exercícios físicos. E que chegaram a percorrer, uma distância 50% maior que os outros grupos.

É importante destacar, diz a pesquisa, que o processamento pode diminuir bastante a quantidade de fitonutrientes. O chocolate preto (amargo), contendo 70% de massa do cacau tem quantidades importantes de fitonutrientes capazes de promover uma série de benefícios na pratica da atividade física.

Então quando for comer chocolate pense nisso quanto menos processado melhor e quanto mais cacau também. Afinal e nele que estão contidos os fitonutrientes importantes e que vão promover efeitos benéficos a prática de atividade física e a nossa saúde.


Toda atenção no café da manhã

Silvano Britoqui, 06/10/2011 - 17:37

Muita gente está deixando de tomar café da manhã, seja por falta de apetite, ou por muita pressa. Isto é um grande erro! Recentemente, pesquisadores da Universidade de Harvard, afirmaram que, um café da manhã balanceado, reduz os riscos de infarto, diabetes (Tipo II), e parada cardíaca.

O café da manhã é uma prática importante do dia, e esta refeição deve ser bem planejada para que você comece o dia evitando dores de cabeça, hipoglicemia, fraqueza e fome excessiva. De acordo com a pesquisa, comer assim que começa o dia, resulta em uma menor taxa de açúcar no sangue, e em todas as refeições seguintes.  Um bom café da manhã, resulta em melhores níveis de LDL (bom colesterol), e dos triglicérides na corrente sanguínea, que estão relacionados com as doenças cardiovasculares.

Evite a qualquer custo o jejum prolongado... Você só tem a perder!


Reposição de fluídos após a atividade física

Silvano Britoseg, 03/10/2011 - 09:47

A ingestão de fluidos após a atividade física é um fator importante para auxiliar os atletas na recuperação rápida entre as séries de treinamento ou competição. Muitos atletas treinam mais de uma vez ao dia a reidratação rápida é importante, principalmente, quando as condições ambientais são quentes. As recomendações atuais não fazem referências à ingestão de líquidos após a prática esportiva. Alguns pesquisadores concluíram que apenas a reposição de água não é suficiente para se instalar uma completa hidratação Pois a ingestão apenas de água pode levar a um estado de hiponatremia. Quando o sódio é adicionado ao fluido, a sede osmótica é mantida e a produção de urina diminui. Existem muitas ocasiões durante o treinamento ou mesmo competição que a ingestão de alimentos é difícil para os atletas o acesso a fluidos que contém cloreto de sódio e outros eletrólitos.

Temos também de enfatizar a importância da ingestão de um excesso de fluido para compensar as perdas urinárias. Em outras palavras, a advertência feita aos atletas é a seguinte: "Beba o volume de fluido que corresponda ao peso perdido", e que pode ser enfatizado "beba no mínimo o volume correspondente ao peso perdido".A determinação exata de quanto os atletas deve beber para se reidratarem ainda não está satisfatoriamente demonstrada e necessita de mais pesquisas. Existem dados que preconizam a ingestão de 150% ou mais do peso perdido para garantir uma hidratação até 6 h após o exercício.


Cuidado ao cortar calorias em excesso

Silvano Britosex, 30/09/2011 - 08:47

No afã de conseguir um corpo malhado e definido, muitos cometem erros graves, quando no inicio da dieta cortam excessivamente as calorias.

Você quer ficar definido, mais nenhum sacrifício parece suficiente. Com isso, você decide cortar sua ingestão calórica pela metade, esperando, em poucos dias, uma transformação em seu corpo. Este é um erro gravíssimo, porque seu corpo não responderá com a mesma velocidade da mudança realizada, o corte excessivo das calorias pode levar o seu metabolismo a reduzir seu gasto energetico, cada vez mais.

O ideal é você fazer um ajuste de 15 % a 20 % a menos no consumo das calorias. Exemplo: Se você consome 3.000kcal por dia, vai passar a consumir 2.400kcal a 2.550kcal. Isso permitirá que seu metabolismo continue funcionando corretamente e queimando as calorias.

Porém com uma diminuição excessiva de ingestão calórica, seu objetivo pode ir por água a baixa com o tempo. Em algumas semanas o metabolismo adapta a queimar menos calorias, o que reduz a perda continua de gorduras. Uma boa maneira de evitar isto é consumir mais calorias durante um dia na semana chegando a incluir os mesmos hábitos anteriores ao inicio da dieta, ou seja, nesse caso 3.000kcal.

Aumentando gradualmente as calorias, faz com que o organismo interrompa a resposta de adaptação, permitindo que o metabolismo continue funcionando numa velocidade suficiente para continuar perdendo peso. Os cortes excessivos nas calorias podem levar a uma perda de massa muscular, com uma diminuição do metabolismo celular.


O que você não sabia sobre o hormônio do crescimento

Silvano Britoter, 27/09/2011 - 09:09

É um hormônio existente em todas as pessoas normais, que é produzido pela glândula hipófise, situado na base do crânio. Foi sintetizado através de técnicas transgênicas, estando disponível para uso em diversas situações. Este hormônio é um dos assuntos mais pesquisados e comentados nos dias de hoje.

Hormônio primário responsável por manter a saúde física e mental e pela reparação conserto dos tecidos, curando, fazendo a substituição de células, força  óssea função cerebral, produção de enzimas, integridade dos cabelos, unhas e pele. Pela volta dos 60 anos de idade não é incomum ver declínios na ordem de 75% em relação a pessoas na  juventude.

Possui também importantes funções no metabolismo, principalmente como:

• Aumento da síntese de proteínas (principalmente nos ossos e músculos).

• Diminui a deposição de gorduras em algumas regiões do organismo como o abdômen e o tronco.

• Aumento das necessidades de insulina pelo organismo.

• Retém sódio e eletrólitos.

• Aumento da absorção intestinal e eliminação renal de cálcio.

Este hormônio apresentava uma série de efeitos colaterais, pois estava sendo utilizadas doses superiores as necessárias, que entre eles incluem edema, reações alérgicas, síndrome do Túnel do Carpo, acromegalia (aumento desproporcional das extremidades), diastema (afastamento dos dentes), aumento da mandíbula, surgimento de estrias, aumento desproporcional do volume das mamas, desenvolvimento de diabetes e estímulo do crescimento de tumores cancerígenos se a pessoa tiver células cancerígenas latentes.

Todos estes efeitos colaterais levaram estudiosos a pesquisar outros meios para fazer este hormônio ser liberado e conseguiram achar substâncias que estimulassem a sua liberação, e não mais a sua produção. Descobriu-se também que até os 80-90 anos de idade a hipófise ainda produz o HGH, e depois o organismo começa a encerrar a sua produção (É a chamada Somatopausa).

O Pro-hGH, de origem norte-americana, já disponível no mercado brasileiro em forma de comprimidos efervescentes, agora em sua 2ª Geração,  de sabor agradável a serem tomados 1 ou 2 vezes ao dia com a grande vantagem de não apresentar os efeitos colaterais nem o preço do Hormônio de Crescimento injetável.

O que poucas pessoas sabem é que um nutriente é de extrema importância a este processo, e de baixo custo de aquisição: a água.

Pesquisadores franceses investigaram o efeito do estado de hidratação durante a sessões de treinamento e a amplitude de secreção do GH pós treino. Os voluntários realizaram treinamento aeróbios de 40 minutos em duas situações:A)sem hidratação e B) com hidratação,equivalente á quantidade de líquido perdida na sessão sem hidratação.

A secreção de GH foi superior nos treinos com hidratação, o que permite acelerar a recuperação do organismo, obtendo assim maiores ganhos de massa muscular.

Agora já sabem nem sempre vale à pena pagar caro, se você não se hidratar em situação de treino. Sempre que pensar em fazer uso de hormônio, deve-se primeiro procurar um profissional da área de saúde que esteja apto a prescrever este suplemento.


Água de côco para praticante de atividade física

Silvano Britosex, 23/09/2011 - 08:46

Quanto mais intenso for o trabalho muscular, maior é a temperatura corporal que faremos. O ideal e que façamos a dissipação desse calor, o mais rápido possível, através da transpiração.

Todos nós sabemos da necessidade de hidratação, principalmente em atividades esportivas, em especial quando praticadas em lugares quentes. Uma boa maneira de hidratação e usar isotônicos, que nada mais é que uma bebida composta de nutrientes essenciais para o nosso corpo.

A água de côco se mostrou grande aliada para quem pratica exercícios físicos, pois é uma bebida natural, rica em vitaminas, minerais como o potássio,  carboidratos, antioxidante, enzimas e vários outros nutrientes que são essenciais para o nosso corpo. É uma excelente fonte de hidratação, indicada para perdas que acontecem principalmente através do suor.

Toda perda física pela sudorese pode levar o organismo a desidratação e conseqüentemente a redução de capacidade física, que vai gerar uma fadiga.

Benefícios da Água de Côco para o nosso corpo: Sacia a fome; Melhora o funcionamento do Intestino; Ajuda no controle do nível de glicemia no sangue; Ajuda e melhora a digestão; Ajuda na circulação sanguínea; Ajuda nas funções renais; Reduz a pressão arterial; Funciona como antienvelhecimento.

Então estamos entendidos! Depois de praticar atividade física, vamos aproveitar essa delicia de isotônico natural, que a nossa cidade foi agraciada e tem disponível em qualquer lugar.