Aldo Vilela

Aldo Vilela

Jornalista

Os Blogs Parceiros e Colunistas do Portal LeiaJa.com são formados por autores convidados pelo domínio notável das mais diversas áreas de conhecimento. Todos as publicações são de inteira responsabilidade de seus autores, da mesma forma que os comentários feitos pelos internautas.

Daniel Coelho bate forte no governo do Estado e no Detran em discurso na Câmara

Aldo Vilelaqui, 26/04/2018 - 09:31

O deputado federal Daniel Coelho (PPS / Movimento 23) fez uma dura crítica ao governo de Pernambuco e à gestão do Detran-PE, nesta quarta-feira, na tribuna da Câmara dos Deputados, acusando-os de roubar o povo pernambucano com a cobrança da taxa de vistoria - que triplicou de valor que o serviço passou a ser realizado por terceiros. “Privatizar para cobrar mais caro do usuário é inadmissível. O nome disso não deveria ser terceirização de serviço ou privatização. Isso é roubo mesmo”, afirmou. Ao longo dos últimos dias, Daniel tem recebido muitas denúncias e queixas da população a respeito da mudança abusiva de preços praticados nas vistorias, desde que elas passaram a ser realizadas pelas empresas credenciadas. “O Detran do Estado de Pernambuco está roubando a população. A gente observa aqui no Congresso Nacional, inclusive a posição do próprio PSB muitas vezes fazendo até demagogia quando se fala de privatização. Mas o Detran de Pernambuco privatizou e colocou exclusivamente para a iniciativa privada a vistoria dos veículos e fazendo isso sem nenhum ganho para a população”, criticou. Segundo Daniel, o sentido de se levar um serviço para a iniciativa privada é gerar competitividade e trazer ganhos para a população. Só que o que ocorreu no Detran-PE foi diferente. “A gente tinha um custo, quando essa vistoria era feita pelo próprio Estado, onde o usuário, o cidadão, pagava 46 reais pela vistoria e foi para 150 reais. Mais de três vezes o valor da vistoria sendo pago nessa iniciativa do governo de Pernambuco. Dá para a gente debater privatização sobre qualquer assunto, ter opinião contra ou a favor. Mas privatizar para cobrar mais caro do usuário, aí é completamente inadmissível. O nome disso, inclusive, não deveria ser terceirização de serviço ou privatização, isso é roubo mesmo, finalizou o deputado. 

Raquel Lyra abre seminário sobre Resíduos Sólidos em Caruaru

 A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, foi a anfitriã do Seminário de Entrega dos Planos Intermunicipais de Resíduos Sólidos – PIRS, do agrupamento 3, ocorrido na manhã desta quarta-feira (25), no Armazém da Criatividade. No evento, realizado pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade –SEMAS, foram registradas as presenças de membros ligados a órgãos como CPRH, Ministério Público, Assembleia Legislativa, prefeitos e outras autoridades.

Evento

O Seminário teve como objetivo a entrega formal dos PIRS, elaborados pela SEMAS, com apoio institucional do Ministério do Meio Ambiente, para apoiar os municípios na destinação final dos seus resíduos. Ao todo, são 25 cidades do interior do estado beneficiadas com o projeto.

Petrolina encerra programação do Mês do Autismo com palestras 

Uma formação realizada nesta quarta-feira (25), voltada para profissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) da Secretaria Municipal de Saúde de Petrolina, marcou o encerramento das programações do Mês de Conscientização do Autismo na cidade.

Informações

O evento realizado no auditório do SEST/SENAT, foi promovido pela prefeitura em parceria com a Associação dos Amigos dos Autistas do Vale do São Francisco (AAMAVASF) e contou com a participação da presidente da AAMAVASF, Janile Nobre e da psicóloga Larissa Ribeiro. As palestrantes abordaram questões como diagnóstico precoce do autismo, tratamentos e falaram sobre a importância das famílias e da sociedade de modo geral, contribuírem para interação social dos autistas.

Prefeitura do Recife antecipa salário de abril e injeta R$ 156,5 milhões na economia da cidade

 A Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Planejamento, Administração e Gestão de Pessoas, antecipa o pagamento do salário do mês de abril. Os 38,6 mil servidores, aposentados e pensionistas do município receberão nesta sexta-feira (27). A folha da Prefeitura do Recife representa uma injeção de cerca de R$ 156,5 milhões na economia da cidade. 

Lula ganha uma

A defesa do ex-presidente Lula obteve ontem uma vitória na 2ª Turma do STF (Supremo Tribunal Federal). A decisão abre caminho para que os advogados do petista tentem tirar do juiz Sergio Moro processos contra Lula e, eventualmente, anular a condenação em relação ao apartamento no Guarujá. 

Decisões

A 2ª Turma do STF decidiu que trechos de delações da Odebrecht não poderiam ser usados por Moro em processos a respeito de um sítio em Atibaia, de um prédio cogitado para ser nova sede do Instituto Lula, do apartamento vizinho ao do petista em São Bernardo do Campo e de palestras do ex-presidente. Essa é a primeira vitória relevante que Lula obtém contra Moro.

Estressou 

Sem conseguir votar matérias importantes para o governo, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ameaçou descontar o salário dos deputados da oposição que estão em obstrução e tentam impedir o andamento dos trabalhos na Casa desde a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no dia 7.

Maia aqui 

Maia abriu a sessão da Câmara, anunciando que todas as votações terão efeito administrativo e que poderá rever sua decisão sobre a validade da presença no plenário dos deputados de partidos que estão em obstrução. "Eu sou muito da conciliação e do diálogo, mas se a oposição tem o direito de obstruir, vou reavaliar a questão de ordem sobre a presença no plenário", disse Maia. Amanhã ele estará comigo nos estúdios da rádio CBN recife.

Adutora

Em sua primeira agenda com o novo ministro da Integração Nacional, Antônio de Pádua, em Brasília, o presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares, recebeu a garantia da liberação de recursos entre R$ 30 e R$ 40 milhões, ainda na primeira quinzena de maio, para a continuidade da obra e conclusão de etapas da Adutora do Agreste.

Dinheiro

Esse valor é parte do montante de R$ 80 milhões já empenhados na gestão do ex-ministro Hélder Barbalho, que foi sensível às necessidades da população do Agreste – região pernambucana que mais sofre com a escassez de água – e fruto de uma negociação com o governador Paulo Câmara.

COMENTÁRIOS dos leitores