Professor de empresarial afirma que OAB XXIX foi fácil

Peça profissional cobrada em direito empresarial foi de petição inicial de cancelamento de protesto

por Camilla de Assis dom, 18/08/2019 - 19:54
Freepik Provas do Exame de Ordem Unificado foram realizadas neste domingo Freepik

A prova de direito empresarial da OAB XXIX foi de dificuldade fácil, segundo o professor Anderson Lourenço. O Exame de Ordem Unificado foi realizado neste domingo (18), em todo o Brasil. A prova teve término às 18h. 

Segundo Lourenço, a peça foi simples. "Foi de petição inicial de cancelamento de protesto", afirmou o docente. O professor também explicou que o tema é recorrente nas provas da OAB. Petição inicial já foi cobrada nas edições XXVI, XXVII, XXVIII, e XXIX. A única modificação realizada é no objeto da petição.

"A prova tirou toda a dificuldade que o aluno poderia ter. O autor era um MEI que tinha pedido uma nota promissória para o credor, ou seja, só tinham dois integrantes. Não tinha nem confusão de errar a comarca porque era na mesma cidade com Vara única", ressaltou Anderson Lourenço.

As questões cobradas foram de tema propriedade, direito falimentar, contratos empresariais e título de crédito. "Na questão de título de crédito, era preciso ter um olhar mais apurado porque cabe interpretação, mas, no geral, as questões também foram fáceis, assim como a peça", disse. 

COMENTÁRIOS dos leitores