Alunos usam plástico para pagar mensalidade de escola

Instituição oferece educação e consciência ambiental a crianças carentes

por Francine Nascimento seg, 10/06/2019 - 09:51

Com o intuito de ajudar o meio ambiente e proporcionar uma educação mais acessível a crianças, uma escola na Índia teve a ideia de receber plásticos no lugar de dinheiro como mensalidade. Toda semana, alunos de 4 a 15 anos levam sacos com pelo menos 25 ítens de plástico à escola Akshar Foundation School, instituição fundada em 2016 por um casal que procura, por meio dessa estratégia, estimular a consciência ambiental nos estudantes.

A escola está localizada numa comunidade pobre do Estado de Assam, no Nordeste da Índia, próximo da Cordilheira do Himalaia. Para se manter, o colégio recebe doaçaões de uma fundação local, além de donativos externos. Ao idealizar a escola, o casal Parmita Sarma e Mazin Mukhta percebeu que era comum muitos moradores queimarem grandes quantidades de resíduos plásticos para se aquecerem no inverno, o que era prejudicial à saúde, pois se formava uma fumaça tóxica, afetando também, o meio ambiente. "Nós dizemos aos pais para enviar os plásticos para a escola como uma 'taxa' caso eles queiram que os filhos estudem aqui de graça", afirmou Mukhta em entrevista à Agência France-Press (AFP). 

A instituição que começou com 20 alunos, hoje conta com mais de 100. Nela, as crianças praticam reciclagem com os plásticos que elas mesmas levam. Uma das criações dos estudantes é o "tijolo ecológico" feito com garrafas pet. Muitas dessas crianças que agora estão matriculadas na escola, antes não tinham oportunidades de estudar, principalmente, por questões financeiras. Há também uma maneira de essas crianças ganharem dinheiro enquanto estudam. Segundo os criadores do colégio, a escola paga as crianças mais velhas para darem aulas aos mais novos. À medida em que avançam academicamente, os salários vão aumentando e assim, esses alunos podem ajudar no orçamento em casa.

O objetivo do casal é de poder expandir esse modelo de educação acessível por toda a Índia. O país é o segundo mais populoso do mundo com mais de 1 bilhão de habitantes e também é um dos que mais sofrem com a extrema pobreza.

COMENTÁRIOS dos leitores