Pais se unem, oram e aguardam filhos durante o Enem

Enquanto os candidatos enfrentam horas de prova, amigos e familiares ficam próximos aos locais de prova

por Roberta Patu sab, 05/11/2016 - 14:58
Nathan Santos/LeiaJáImagens Grupo orou pelos candidatos Nathan Santos/LeiaJáImagens

Ana Carolina Tavares, de 28 anos, está acompanhada de mais cinco jovens que integram o Grupo de Estudo Bíblico (GEB) da Universidade de Pernambuco (UPE). Com faixas e cartazes, elas demonstram apoio aos feras e amigos que tentam ingressar no ensino superior através do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que teve início neste sábado (5) e chega ao fim neste domingo (6).O grupo recebeu os candidatos na Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), área central do Recife.

Segundo Ana Carolina, a proposta é utilizar a palavra de Deus para acalmar e dar apoio aos candidatos. "É um momento muito difícil e que muitas vezes uma simples palavra conforta e motiva", falou. Sentada à espera da filha Eduarda Gabriela dos Santos, de 17 anos, a mãe Juací Batista dos Santos aguarda a estudante até o término da prova. Acompanhando a filha pelo segundo ano consecutivo, ela reforça a importância da presença dos pais. "Acho importante trazer e esperar ela por vários motivos. Nosso apoio é muito importante, pois passa força e principalmente a segurança", relatou a mãe.

Embed:
 

O pai Sebastião Vieira, também espera o filho Carlos Vieira, que tenta uma vaga para administração. "Sempre o acompanhamos nosso filho, porque sinto que a nossa presença é um diferencial, uma vez que ele se sente mais seguro", contou.

Em Pernambuco, os candidatos iniciaram a prova do Enem às 12h30. Hoje, o Exame tem quatro horas e 30 minutos de duração, composto por Ciências Humanas e suas Tecnologias e de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, com duração de 4 horas e 30 minutos. Já neste domingo, segundo e último dia do Enem, será a vez das Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Matemática e suas Tecnologias, com duração de 5 horas e 30 minutos.

LeiaJá também

--> Candidatos se atrasam para o Enem e perdem prova

--> No Enem, universitárias vendem água para pagar formatura

--> Em meio a ocupações, estudantes erram data do Enem

COMENTÁRIOS dos leitores