Centro de Artesanato é o novo espaço de negócios de PE

Local irá reunir 16 mil peças de 500 artesãos do estado

por Lidiane Dias qua, 26/09/2012 - 16:01
Chico Peixoto/LeiaJáImagens O centro está instalado no Armazém 11, em frente à Praça do Marco Zero, no Bairro do Recife Chico Peixoto/LeiaJáImagens

Artesãos de Pernambuco agora dispõem de um novo espaço para expor seus produtos e realizar negócios. Foi inaugurado nessa terça-feira (25), o Centro de Artesanato de Pernambuco. O espaço, considerado o maior do país destinado ao artesanato, reunirá 16 mil peças de 500 artesãos do estado. 

O centro está instalado no Armazém 11, em frente à Praça do Marco Zero, no Bairro do Recife. Além da comercialização, o espaço tem como objetivo estimular a economia pernambucana e valorizar o trabalho dos artesãos e artistas populares locais.

Resultante do investimento de R$ 6,5 milhões, o Centro de Artesanato de Pernambuco terá ainda auditório com 120 lugares, área de exposições e mostra permanente de obras premiadas da Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte), entre outros atrativos.

Parceiro do Governo do Estado no Programa do Artesanato de Pernambuco, o Sebrae em Pernambuco irá produzir o folder que será distribuído gratuitamente para os visitantes, já a partir do primeiro dia de atividades do local. A entidade também realizará a curadoria da seleção das peças que estarão presentes no catálogo oficial do centro. 

Além disso, o Sebrae também irá produzir a edição 2012 do Catálogo do Artesanato de Pernambuco, que tem a função de servir de instrumento para incrementar a comercialização do que o estado produz de melhor em termos de artesanato. O material irá apresentar o artesanato de todo o estado segmentado por matérias-primas – a exemplo de cerâmica, madeira, fibra e couro – nos idiomas português, inglês e espanhol.

O catálogo irá disponibilizar, ainda, a lista de endereços nos quais será possível encontrar os produtos descritos. A última edição do Catálogo do Artesanato de Pernambuco data de 2010. O lançamento está previsto ainda para este ano.

COMENTÁRIOS dos leitores