“Não adianta chorar, o PT destruiu o Brasil”, diz Doria

O candidato a governador de São Paulo João Doria (PSDB) vem intensificando as críticas ao Partido dos Trabalhadores

por Taciana Carvalho qui, 11/10/2018 - 16:43
André Bueno/ CMSP André Bueno/ CMSP

Em campanha eleitoral na busca de ser o próximo governador de São Paulo, o tucano João Doria vem intensificando as críticas ao Partidos dos Trabalhadores (PT). Nesta quinta-feira (11), Doria afirmou que a legenda petista destruiu o país. “Não adianta chorar. O PT destruiu o Brasil e a cidade de São Paulo. Os números e as urnas mostram isso”, disparou nas redes sociais utilizando a hashtag #EsquerdaNão. 

Mais cedo, João Doria compartilhou uma revista antiga no qual aparece na capa da com o título “Nasce o anti-Lula”. O texto principal destaca que ele é despontado como “a maior novidade da política brasileira” e ainda diz que foi consagrado “como o adversário direto do líder petista Lula”. O próprio Doria corrobora. “Sempre lutei e continuarei lutando contra o PT e seus genéricos”.  

Por vezes, o candidato derrotado chamou o PT de “quadrilha”. “Quem apoia o PT é petista. Não podemos deixar essa quadrilha voltar ao poder. Vamos mostrar que a nossa bandeira não é e nunca será vermelha”, disparou recentemente. 

Na última terça-feira (9), durante reunião da direção nacional da sigla, o presidente do PSDB, Geraldo Alckmin, chegou a insinuar que Doria é “traidor” no momento em que o candidato a governador cobrava uma autoavaliação da legenda após derrotas em diferentes frentes no pleito. Alckmin teria interrompido a fala de Doria e dito: “Traidor eu não sou”.

COMENTÁRIOS dos leitores