Tiroteios crescem 10% na Região Metropolitana do Recife

No total, ao menos 84 pessoas foram mortas e 48 ficaram feridas por armas de fogo no período

ter, 02/04/2019 - 08:55
Pixabay Dos 84 mortos, 95% eram homens e 5%, mulheres Pixabay

No mês de março, foram registrados 129 tiroteios/disparos de arma de fogo na Região Metropolitana do Recife (RMR). O número representa um aumento de 10,26% de casos em relação ao mês anterior. Os dados são do Fogo Cruzado, plataforma colaborativa que registra a incidência de tiros e prevalência da violência armada na RMR e Rio de Janeiro.

Recife liderou o número de registros de tiros, com 45 ocorrências. Em seguida vêm os municípios Jaboatão dos Guararapes (22), Olinda (13), São Lourenço da Mata (10) e Cabo de Santo Agostinho (9). Dos 129 tiroteios/disparos registrados em março, 62,79% resultaram em vítimas fatais, 30,23% em pessoas feridas e 12,40% das notificações não houve vítimas.

Os bairros com maior incidência tiveram três ocorrências cada. Foram eles: Caixa D'Água, em Olinda; Barro, Jardim São Paulo e Nova Descoberta, no Recife. Em todos esses locais foram registradas mortes.

No total, ao menos 84 pessoas foram mortas e 48 ficaram feridas por armas de fogo no período. Cinco adolescentes estão entre as vítimas fatais. Entre os feridos, havia dois bebês, um de um ano e três meses e outro de sete meses. Dos 84 mortos, 95% eram homens e 5%, mulheres.

Ao menos oito pessoas foram baleadas dentro de suas residências e cinco delas morreram. Por três vezes, houve mais de uma vítima em uma mesma ocorrência no Recife. Tiroteio com mais de uma vítima também foi registrado uma vez em Jaboatão dos Guararapes e São Lourenço da Mata. Com relação aos feridos, 89% eram homens, 6% mulheres e 5% não foram identificados.

COMENTÁRIOS dos leitores