PM acusado de roubo é preso pelo batalhão em que trabalha

Guarda municipal também foi preso junto com o policial

sex, 14/09/2018 - 12:19
Reprodução/Google Street View O assalto ocorreu na PE-009, no Cabo de Santo Agostinho, Grande Recife Reprodução/Google Street View

Um policial militar e um guarda municipal foram presos, na noite da quinta-feira (13), acusados de praticar roubos no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife (RMR). As prisões foram feitas pela equipe do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), onde o policial militar suspeito trabalhava.

O BPRv foi acionado para averiguar uma denúncia de assalto na PE-009, no Cabo de Santo Agostinho. Com os suspeitos, foram encontrados carro e dinheiro da vítima do roubo.

Também foram apreendidos um revólver calibre 38 e uma pistola .380. A dupla teria subtraído R$ 13.165 da vítima, que fazia arrecadação nos pontos de venda do Pernambuco dá Sorte em Porto de Galinhas.

Além da Justiça Comum, os acusados também vão responder administrativamente pelos crimes. O guarda municipal preso trabalha no município de Vitória de Santo Antão, na Mata Norte do Estado.

"A PMPE lamenta que um membro da cooperação tenha se envolvido em um episódio dessa natureza.  Afirma ainda, que certamente a prisão e futura exclusão serão o destino de todos aqueles que não se enquadrarem nos valores éticos e morais da instituição", disse a corporação em nota.

COMENTÁRIOS dos leitores