Márcio Goiano destaca persistência do elenco na temporada

Náutico segue a 16 jogos sem perder na temporada e garante vaga na próxima fase da Copa do Nordeste

por João Victor sab, 30/03/2019 - 19:54

Após a classificação para a próxima fase da Copa do Nordeste, conquistada com um empate diante do Vitória do Barradão, o Náutico soma 16 partidas de invencibilidade na temporada. Em entrevista coletiva realizada após a partida, o técnico Márcio Goiano ressaltou a persistência do elenco e parabenizou os atletas.

“A gente fica muito feliz, primeiro com a classificação e com algumas coisas do futebol. Quando o jogo acabou a tensão estava maior para o nosso lado. Eles (Vitória) com sete pontos comemorando a classificação, e nós tivemos que esperar o confronto do Sampaio para realmente podermos comemorar a classificação”, disse Márcio Goiano.

“São números, são resultados, todo o grupo está de parabéns. Tivemos algumas dificuldades, mas em momento algum o grupo deixou de trabalhar, de acreditar. Realmente conseguimos mais uma classificação num momento decisivo para todos nós. Todos os nossos jogos agora são decisões, então vamos para as próximas que nós temos pela frente”, completou.

Apesar do Vitória ter se classificado para a próxima fase sem vencer nenhuma partida na atual temporada da competição, Márcio Goiano admitiu a dificuldade do confronto e destacou o equilíbrio mantido pelos atletas.

“Sabíamos da dificuldade. O Vitória não tem conseguido os resultados, mas se você for qualificar alguns atletas, com certeza é uma equipe que mudará seu panorama nas suas competições. A dificuldade era normal. Nós sabíamos que o jogo em si para a nossa classificação, nós necessitaríamos da vitória. Então realmente nós tivemos esse equilíbrio, tivemos tranquilidade e conseguimos o empate”, ressaltou o comandante alvirrubro.

Quando questionado a respeito de possíveis erros ainda existentes na equipe, o técnico alvirrubro admitiu visualizar falhas após rever partidas, mas disse que o momento atual é para comemorações pelo avanço na Copa do Nordeste.

“Sempre você ainda acha alguns erros. Quando você faz uma partida quase perfeita, porque não existe perfeição, é um pouco mais difícil, mas você consegue visualizar ainda vendo o jogo novamente. Hoje lógico que tem algumas coisas que eu poderia pontuar, que nós temos que melhorar em função da qualidade que nós temos de alguns atletas. Nós poderíamos ter feito um jogo melhor individualmente de alguns atletas, mas o mais importante agora é comemorar a vitória”, finalizou.               

COMENTÁRIOS dos leitores