Apresentando erros, Sport perde em casa para o Vitória

Na noite deste domingo (18), o time de Luxemburgo não apresentou um bom futebol. Uillian Correia, que passou pelo Santa, marcou um dos gols da equipe baiana

por Nathan Santos dom, 18/06/2017 - 21:00
CARLOS EZEQUIEL VANNONI/ELEVEN/ESTADÃO CONTEÚDO . CARLOS EZEQUIEL VANNONI/ELEVEN/ESTADÃO CONTEÚDO

Nem mesmo o retorno de Diego Souza, que defendeu a seleção brasileira, foi capaz de devolver o bom futebol ao Sport. Na noite deste domingo (18), diante de pouco mais de 7 mil torcedores, a Ilha do Retiro viu a equipe de Vanderlei Luxemburgo errar passes, apresentar falhas na defesa e ser ineficiente no ataque. Contra o Vitória, o time pernambucano perdeu por 3x1 e cravou que a fase não é das melhores. DS 87, apesar de não apresentar o melhor dos desempenhos, foi o autor do gol recifense.

Erros no Sport

Faltou inspiração ao Sport no início da partida. A equipe de Luxemburgo voltou a errar passes e teve bastante dificuldades para chegar ao ataque. O Vitória marcou bem e ainda levou vantagem em várias ocasiões em cima dos defesores do Leão da Ilha do Retiro

Enquanto o Sport não encaixou o ataque, o Vitória aproveitou uma bobeira da zaga leonina. Depois de uma cobrança de escanteio, a defesa afastou e a redonda terminou ficando para o zagueiro Kanu, que disputou a bola com Magrão. A redonda acabou sobrando livre para o ex-Santa Cruz Uillian Correia, que aos 16 minutos, com a meta escancarada, abriu o placar.

Apontado pelo treinador Luxemburgo como o 'cara' que precisa ser decisivo no time do Sport, o meia Diego Souza, apesar das tentativas, não conseguiu entregar bolas para os atacantes finalizarem. O gol do Vitória, inclusive, afetou os atletas do Leão pernambucano, que começaram a errar passes e pouco fizeram no setor ofensivo. Outro problema foi a saída de bola entre zagueiros e volantes: além da boa marcação da equipe baiana, os atletas do Sport  apresentaram dificuldade para fazer a transição

Mesmo errando passes e lento ofensivamente, o Sport conseguiu sua chance mais clara na partida. Osvaldo partiu  pela ponta esquerda, tentou tocar para Rithely, mas a zaga do Vitória cortou. A bola terminou sobrando livre nos pés do centroavante André que limpou, demorou e acabou chutando em cima do próprio Osvaldo.

Além do gol perdido, a defesa do Sport apresentou falhas. Em uma delas, bola enfiada em meio aos defensores sobrou livre para Patric. Magrão, com os pés, salvou. Mas aos 37 minutos, o ídolo do Rubro-Negro pernambucano não resistiu.  Após cobrança de escanteio, Kanu apareceu livre e marcou o segundo gol do Vitória: 2x0.

A situação só não ficou pior para o Sport porque Diego Souza resolveu aparecer. No final do primeiro tempo, após uma cobrança de escanteio, Durval desviou de cabeça. DS 87 se jogou e empurrou para o fundo das redes, diminuindo o placar e trazendo de volta a esperança para a torcida leonina.

Gol polêmico do Vitória no 2º tempo

Na teoria, o gol marcado por Diego Souza deveria servir de ânimo para o elenco de Luxemburgo buscar o empate. Por outro lado, era preciso ter calma e não se lançar ao ataque de forma desorganizada, para não deixar espaços para contra-ataques do Vitória.

Em uma das tentativas do Sport, o volante Rithely conduziu bem pelo meio e tocou na ponta direita para Oswaldo. O camisa 10 avançou, levantou a cabeça e cruzou. O próprio Rithely apareceu e meteu a cabeça na bola para fora. Instantes depois, quando o relógio marcava 15 minutos, Patrick cruzou e André chegou na bola, dentro da pequena área, mas finalizou para fora, perdendo a chance do empate.

O decorrer do segundo tempo deixou mais claro um sério problema no time do Sport. Os erros de passes voltaram a atrapalhar a desenvoltura dos atletas leoninos, sem contar a forma lenta como os comandandos de Luxemburgo tentavam sair do meio para o ataque. Além disso, o Vitória chegou com perigo nos contra-ataques.

E para deixar ainda mais complicada a situação do Sport, uma jogada duvidosa resultou no terceiro gol do Vitória. Cleiton Xavier, que parecia voltar de um lance, em posição aparentemente irregular, cruzou rasteiro da direita. O atacante André Lima, que também entrou na segunda etapa, apareceu livre e fez 3x1. Os jogadores do Sport partiram para cima do assistente Leone Carvalho, reclamando de forma intensa que a jogada estaria impedida. 

Dessa forma terminou o jogo. Em plena Ilha do Retiro, o Sport perdeu para o Vitória por 2x1. A fase, de fato, está bastante complicada para o Leão pernambucano: o time entrou na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

FICHA DE JOGO

Competição: Campeonato Brasileiro

Local: Ilha do Retiro

Sport: Magrão, Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval e Sander (Marquinhos); Patrick, Fabrício (Thomás) e Rithely; Diego Souza; Osvaldo e André (Leandro Pereira). O técnico é Vanderlei Luxemburgo.

Vitória: Fernando Miguel, Leandro Salino, Kanu, Fred e Geferson; Willian Farias e Uillian Correia (Renê); Yago (Cleiton Xavier) e Patric; Neilton (André Lima) e David. O técnico é Alexandre Gallo.

Arbitragem: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)

Assistentes: Bruno Raphael Pires (GO) / Leone Carvalho Rocha (GO)

Gols: Uillian Correia / Kanu

Cartões amarelos:

Público: 7.135 torcedores

Renda: R$ 139.015

COMENTÁRIOS dos leitores