O renascimento de um artilheiro no Arruda

| dom, 13/05/2012 - 18:05
Compartilhar:

Aos 31 anos, o Santa Cruz foi a oportunidade de um recomeço para o atacante Dênis Marques. O jogador desembarcou no Arruda no começo desta temporada, depois de passar um ano e meio afastado do futebol. O seu último clube havia sido o Flamengo, que rescindiu contrato com o atleta em 2010, após ele se envolver num acidente de carro.

A confiança depositada pela diretoria coral em Dênis afastava aquela velha história de jogador experiente, com mais de uma década de carreira, que viria para o Tricolor para encerrar a carreira. Isso ficou claro que não era verdade logo no seu primeiro jogo com a camisa coral. O ‘Predador’, como ficou conhecido pela torcida, fez três gols logo de cara, na vitória por 3x1 sobre o Porto, no Arruda, em jogo válido pela oitava rodada do estadual.

Dênis Marques ainda chegou a fazer três gols numa única partida em outro compromisso do Tricolor. Foi na goleada por 5x0 sobre o América, em jogo válido pela 21ª rodada do Pernambucano. Com mais esta trinca, ele chegou à coartilharia e entrou na briga pelo título, que foi disputado até o último jogo com o meia Marcelinho Paraíba, do Sport. O artilheiro tricolor, porém, levava a vantagem de ter uma melhor média de gols por jogo, já que estreou na oitava rodada, enquanto o companheiro rubro-negro atuou desde o primeiro jogo do rival.

Este foi o terceiro título da carreira de Dênis Marques. O primeiro estadual foi conquistado na temporada de 2005, no estado do Paraná, quando atuava no Atlético/PR. Foi lá no Furacão, aliás, que teve Dênis mais se destacou na sua carreira. Vindo para o clube como uma revelação do Mogi Mirim/SP, ele chegou à Arena da Baixada como reserva, pois o clube contava com Dagoberto e Washington, o Coração Valente.

Pouco tempo depois, porém, Dagoberto sofreu uma lesão, abrindo espaço para Dênis mostrar o seu trabalho. Naquele ano, Dênis já se mostrou um exímio goleador, sendo o vice-artilheiro da competição, perdendo apenas para o companheiro Washington. Em 2005, com a saída do Coração Valente, Dênis conquistou não só o título, como a artilharia do Paranaense. Ainda pelo Atlético/PR, ele foi artilheiro da Copa do Brasil em 2007, com cinco gols marcados.

Outra passagem marcante de sua carreira antes de chegar ao Arruda foi pelo Flamengo. O atleta chegou na Gávea em 2009 sendo disputado por diversos clubes. A escolha pelo rubro-negro carioca se deu pela oportunidade de jogar ao lado do Imperador Adriano. No Mengão, Dênis Marques participou da campanha do título do Campeonato Brasileiro de 2009.

Esquecido do grande público, Dênis Marque reapareceu para o futebol nacional com esta passagem pelo Tricolor do Arruda. Isso fica claro por conta das propostas que recebeu. Ele confirmou que recebeu sondagens de clubes brasileiros e do exterior, sem revelar quais foram. Mas o contrato do jogador com o Santa vai até outubro, quando terminar a disputa da série C do Campeonato Brasileiro e ele garante que quer ficar no Arruda até lá.