Morre atriz sueca Bibi Andersson, musa de Ingmar Bergman

Seus primeiros créditos cinematográficos vieram em 1951, mas ela continuou trabalhando e estrelando em filmes até 2009, quando sofreu um derrame que paralisou um lado de seu corpo

dom, 14/04/2019 - 16:27
Foto: Reprodução/IMDB Foto: Reprodução/IMDB

A atriz sueca Bibi Andersson, conhecida por seus papéis nos filmes do diretor e compatriota Ingmar Bergman, morreu neste domingo aos 83 anos, informou sua filha Jenny Grede Dahlstrand à AFP.

Andersson estrelou vários clássicos de Bergman, como "O Sétimo Selo" (1957), "Morangos Silvestres" (1957) e "Persona" (1966).

A atriz começou a trabalhar com o diretor quando tinha apenas 15 anos de idade, em vários anúncios da marca de sabonetes sueca "Bris", dirigidos por ele.

Ela recebeu vários prêmios, entre eles o Urso de Prata de melhor atriz no Festival Internacional de Cinema de Berlim em 1963 por seu papel em "A amante", de Vilgot Sjoman (1962).

Seus primeiros créditos cinematográficos vieram em 1951, mas ela continuou trabalhando e estrelando em filmes até 2009, quando sofreu um derrame que paralisou um lado de seu corpo.

Sua filha explicou que Andersson deixou uma marca na vida de muitas pessoas.

"Deixa um grande vazio para cada um de nós que teve o privilégio de estar perto dela", disse Grede Dahlstrand.

COMENTÁRIOS dos leitores