Ator da Globo se declara para o marido: 'Te amo é muito'

Pedro Henrique Müller, casado há quatro anos com Marcello Talone, foi par romântico de Juliano Laham na novela "Orgulho e Paixão" em 2018

por Paulo Uchôa sex, 22/02/2019 - 10:11
Reprodução/Instagram/@pedro.henriquemuller Juliano Laham (esq) e Pedro Henrique Müller (dir) viveram romance como o casal Luccino e Otávio na trama 'Orgulho e Paixão' Reprodução/Instagram/@pedro.henriquemuller

Em 2018, os telespectadores acompanharam o beijo gay entre os personagens de Juliano Laham e Pedro Henrique Müller na novela de época "Orgulho e Paixão". Müller, revelação do folhetim das 18h, usou o Instagram nesta quinta-feira (21) para celebrar quatro anos de casamento com o marido, Marcello Talone.

"Ele é uma pessoa muito mais amável que eu. Às vezes ele é um pouco grosseiro mas, ainda assim, é a coisa mais linda do mundo até quando tá sem paciência. [...] Você me faz muito feliz. Feliz 4 anos, meu amor. Você é o melhor marido do mundo e eu te amo é muito!", declarou o ator. Internautas não economizaram palavras nas mensagens deixadas na rede social de Müller. "Meus parabéns! Vocês são lindos...Viva o amor", comentou uma pessoa.

Hugo Bonemer, primo do jornalista William Bonner, e namorado de Conrado Helt, vibrou com a homenagem de Pedro Henrique Müller: "Vocês são muito lindos".

Confira a homenagem na íntegra:

Visualizar esta foto no Instagram.

Ele gosta de planejar tudo e eu não planejo nada. Ele gosta de doces à base de feijão (vai entender...) e planilhas e cronogramas, listas, de hamburguer com picles e bacon e da Tilda Swinton e come os chocolates que compramos no supermercado no minuto em que chegamos em casa. Compra as mesmas coisinhas toda semana. Eu amo viver as semanas com ele e eu sei que eu sou feliz quando eu o vejo chegando com as sacolinhas do Mundial toda segunda. O meu humor oscila de forma enlouquecedora, enquanto ele se mantém sempre numa quase linha reta emocional, com algumas trepidações. Ele é uma pessoa muito mais amável que eu. Às vezes ele é um pouco grosseiro mas, ainda assim, é a coisa mais linda do mundo até quando tá sem paciência. Isso me irrita um pouco. Ele tá sempre olhando pro futuro e eu to sempre com o olhar afogado no presente, nisso eu acho que a gente se ajuda demais. Eu aprendo com ele um milhão de coisas, todos os dias. Coisas incríveis enormes e também umas coisinhas miúdas meio bobas, talvez mais importantes que as primeiras. Pequenas virtudes, é por elas eu queria te agradecer. Obrigado por me fazer gostar de filmes de terror e histórias em quadrinho, por ser o meu melhor amigo, por me fazer rir muito, por não saber nenhuma letra direito de nenhuma música, por ser absurdamente desafinado , obrigado por me apresentar um milhão de músicas e conhecer o nome de todos os atores, atrizes e diretores e os anos em que foram lançados todos os filmes do mundo e ser meu IMDb quando não tem wifi. Obrigado por não conseguir imitar nenhum sotaque de lugar nenhum e continuar insistindo em tentar reproduzi-los. Você me faz muito feliz. Feliz 4 anos, meu amor. Você é o melhor marido do mundo e eu te amo é muito!

Uma publicação compartilhada por Pedro Henrique Müller (@pedro.henriquemuller) em

Embed:

COMENTÁRIOS dos leitores